Risoto!

I'M STILL WATCHING YOU ;P

Arquivos de tags: Brasil

Resumo – Agosto

Alberto Mattos, é um comissário extremamente honesto e dedicado à seus deveres da policia civil do Rio de Janeiro. Ele que ao contrario de seus colegas de trabalho  não aceita as os subornos dos bicheiros para que a policia não interfira nas negociatas e crimes que envolvem corrupção, lavagem de dinheiro e jogos ilegais, etc..

Durante o livro, o comissário investiga a morte de um empresário chamado Paulo Gomes Aguiar assassinado em seu próprio apartamento por “Chicão”, um ex-soldado da FEB, a mando do empresário Pedro Lomagno, amante de Luciana Gomes Aguiar, mulher do assassinado. No decorrer das investigações, Mato acaba mexendo com  bicheiros e empresários corruptos que tentam de algum jeito tira-lo de ação por medo de Alberto descobrir algo sobre suas negociatas. Na primeira tentativa, Turco Velho a mando de Ilídio, um bicheiro que toma um chute do comissário depois de tentar intimidá-lo e corrompe-lo, vai atrás de Mattos, porém não consegue e acaba indo para prisão. Turco Velho é morto pelo Comissário Pádua, amigo de Mattos, que é corrupto, mas que no fim com a morte de Alberto acaba virando um “justiceiro” que vai atrás do assassino de Alberto. Houveram mais duas intenções atentados contra Mattos, uma a mando do Deputado Vitor Freitas por medo do comissário descobrir algum de seus “podres”, depois de ordenar a ordem de matar o comissário pede para seu acessor Clemente, com quem tinha relações homossexuais cancelar o atentado, mas por razões passionais, Clemente não o faz. E outro a mando de Lomagno, neste, Chicão vai atrás de Mattos, para matá-lo por ciúmes do empresário sobre Alice, ex-namorada e, que estava vivendo junto com o comissário, também por Mattos ter conseguido descobrir que ele, Chicão, havia sido o assassino de Paulo Gomes Aguiar. Alberto Mattos é morto junto com sua namorada Salete por Chicão, em seu apartamento. Alice estava em um hospital psiquiátrico no momento do atentado. O assassino contratado por Vitor Fritas chega em seguida, vendo os dois corpos no chão ele sai e vai receber sua “recompensa” com Clemente.

The adoption of the 1937 Constitution marked t...

Getúlio Vargas

Esses acontecimentos têm como cenário o Rio de Janeiro, a capital do Brasil em 1954. Getulio Vargas é o presidente de um Brasil turbulento, mal administrado, com alta inflação e  oposição violenta, liderada pelo jornalista Carlos Lacerda.

Vargas é acusado violentamente por seus opositores de ser mandante de um evento conhecido como “atentado da rua toneleiro”, contra o jornalista Lacerda. Neste atentado, Rubens Vas, um major da aeronáutica, é assassinado por Alcino do Nascimento contratado por Climério de Almeida que cumpria ordens do guarda-costas de Vargas, Gregório Fortunato o “anjo negro”. Nelson Raimundo era o motorista do carro que transportou os dois subordinados de Gregório.

Esse atentado desencadeia uma crise no governo brasileiro, os militares se reúnem e,  depois de uma exausta reunião com seus ministros e Chefes das forças armadas, decidem que Vargas deveria pelo menos tirar uma licença até o fim do inquérito do sobre o atentado. Vargas se afasta do Cargo de presidente e sabendo que seria deposto, no dia seguinte ele se mata com um tiro no coração em seu quarto no Palácio do Catete. O povo vai as ruas após as notícias do suicídio, muitos tentam invadir locais do governo e morrem nos confrontos com soldados do exercito que protegiam esses locais. Os militares conseguem estabilizar e acalmar o povo depois de por sua força armada inteira nas ruas do Rio de Janeiro. O Brasil  teria como seu presidente o vice de Getulio, Café Filho.

Livro – “Agosto” de Rubem Fonseca.

Por Victor Brito.